sábado, 6 de novembro de 2010

Minhas dicas sobre como fazer compras internacionais de materiais de scrapbooking!!! Parte 1

 
ATUALIZAÇÃO:
Para realmente atualizar este post, eu teria que revisá-lo com mais tempo, mas isto ainda está complicado. Por hora, preciso informar a todos que a Oh My Crafts não existe mais. Portanto, os links não são válidos mais. Obrigada a Ranny, do blog http://objetosespeciais.blogspot.com.br/ por ter me lembrado há algum tempo.
 
O post é longo e só tem texto…
Desde que comprei a Cricut, frequentemente alguém me pergunta sobre detalhes da compra. Além disso, sempre vejo este tipo de dúvida em fóruns: Como fazer compras internacionais. Como sempre respondo através de e-mails, resolvi aproveitar o que já escrevi e acrescentar mais informações, na tentativa de ajudar quem deseja comprar materiais de scrap... ou outros, através de lojas on line internacionais. Várias pessoas falam sobre este tipo de compra na net, mas de scrap eu não achei quase nada. No blog da Tininha, neste link, do Ateliê da Tininha, ela escreveu sobre o assunto de forma bem clara. Eu sei que devo abordar assuntos comuns ao post dela, mas procurei escrever tentando ser mais uma opção para quem quer se informar.
Porque eu resolvi fazer compras internacionais?? Na verdade, eu comecei a me aventurar nesta área para comprar maquiagem. E também livros na Amazon, que não são taxados, e onde fiz minha primeira compra internacional. Depois passei a considerar também comprar materiais de scrap. Primeiro comecei a ver os preços e achei muito interessantes, depois gostei também da variedade e por último algumas facilidades. Mas é claro que também gosto das lojas nacionais. Gosto de comprar algumas coisas aqui e outras lá. Acho carimbos aqui muito caros, então compro lá, assim como kits de papéis, os chamados packs, que inclusive não encontramos facilmente por aqui. Compro muito papel individual também, furadores de borda e alguns emblishments, como flores Prima e cartelas de alfabeto. E lógico, a Cricut e outras ferramentas, como a Crop a Dile e o Paper Gator. Valeu a pena!! Aqui gosto de comprar tintas e papéis nacionais também.
Para quem quer fazer compras internacionais, acho interessante o seguinte:
  • 1. Leitura em inglês. Pelo menos o básico, para poder seguir as instruções de compra, fazer o cadastro, ver as promoções, etc.
  • 2. Ter cartão de crédito internacional ou ter uma conta no PayPal. Eu ainda não posso falar nada sobre este último, porque ainda não utilizo, mas pretendo passar a comprar assim. Pelos comentários que vejo, além de mais seguro, as compras são debitadas no cartão de crédito em reais, ficando livre do IOF. Se quiser saber mais sobre o assunto, você pode dar uma olhada neste link, muito bem explicado.
Dentre as facilidades das lojas internacionais, destaco a forma de colocar os itens no carrinho. A gente coloca e continua na mesma página. Para ver o carrinho basta clicar no link correspondente. Isto não acontece com as lojas que conheço daqui, onde cada item que coloco no carrinho, sou direcionada para sua página, demorando um pouco para voltar depois. Além disso, lá meu carrinho fica salvo, o que parece ser chamado de “carrinho permanente” no comércio on line. Já no Brasil, se eu sair do site para voltar outro dia os produtos “somem”. Se não der para finalizar a compra em um dia, não dá para voltar depois. Já nas lojas internacionais eu posso ir “enchendo” meu carrinho ou cesta de compras, que fica salvo e eu volto quando quiser, bastando para isto ser cadastrada e efetuar o login quando “entrar” na loja. Isto é ótimo, porque eu gosto de analisar bem a minha compra, coloco e tiro do carrinho, saio, volto em outro dia e assim vai.... mas meus produtos permanecem no carrinho. Não sei quais lojas brasileiras fazem isto. Há, além do carrinho, ainda existe a possibilidade de se fazer uma lista de desejos.
Vou fazer a indicação de algumas lojas, que enviam para o Brasil, que não são as únicas, mas que simplesmente representam aquelas em que já comprei. Mas como eu já disse, não quero dizer que estas lojas nunca darão problemas. Isto eu não posso afirmar, para mim não deram. Porém, a quantidade de vezes que comprei é mínima, cerca de 8 a 10 vezes. Meu critério de escolha foi basicamente: reputação da loja, através de comentários em sites, fóruns e blogs, organização do site, entrega no Brasil, venda de Cricut e acessórios, além do bom preço do frete.
As lojas são as estas:
    1. 1. Preserved Memories. Esta loja é de uma brasileira, a Sandra. Então, apesar do site estar em inglês, é possível conversar com ela e tirar todas as dúvidas. Eu super recomendo, a Sandra é um doce, está sempre acessível. A última compra que fiz foi ótima, uma promoção de papéis a partir de 0,25 (em dólar). Comprei muitos papéis, mas sempre tem itens com desconto.
    2. 2. Oh My Crafts. Onde comprei minha Cricut. Gosto muito. Antes, eles tinham um super desconto de 20%. Agora diminuíram o desconto para 10%, mas em compensação, houve uma boa redução no frete. Mas para ter este desconto é preciso digitar um código, que eles enviam por e-mail na “mala direta” deles.
    3. 3. Two Peas. Excelente variedade. O frete é um pouco caro.
    4. A cherry on top. Eles tem uma boa variedade, bons preços, tem promoções com ótimos descontos, melhores que o 2 peas, mas o frete é um pouco alto.
    5. 4. Custom Crops: Apesar de nunca ter comprado lá, já me falaram muito bem desta loja. E eles tem Cricut e seus acessórios.
Mais Dicas:
Acho interessante fazer o cadastro em todas as lojas que você pretende comprar. Assim você recebe promoções, cupons de desconto e etc, no e-mail. Também é bom deixar seu carrinho na loja com alguns produtos que pretende comprar. Todos estes sites tem a opção de lista de desejos, mas eu acho que tem que deixar alguns no carrinho. Porque? Vários deles já me mandaram e-mail dizendo que viram que meu carrinho estava cheio e que gostariam de fazer algo para “me ajudar”. O Two Peas e A Cherry me deram um desconto de 25% . Foi por isso que acabei fazendo minha compra no A Cherry a primeira vez. Nesta compra consegui comprar um kit da Cosmo, um Double Deck, com 48 folhas, por 15 dólares e que chegou por cerca de 40 reais. Além disso, nos e-mails que eles mandam sempre tem algum desconto. No Two Peas, por exemplo, tem o código do mês para conseguir frete grátis. Só vale para os EUA, mas com o código a gente tem 5 dólares de desconto.
Algumas destas lojas (sei do Two Peas e A Cherry) tem o Deal of the Day, algo como o super desconto do dia. Então, eles colocam um produto ou alguns de uma coleção em promoção. Já comprei alfabetos (Thickers) da Americam Crafts com preço excelente (chegaram com preço médio de 8 a 9 reais). Os kits da Cosmo também tem ótimas promoções, tipo 50%. Mas tem que comprar no dia, e às vezes a gente não está preparada. Neste caso, para ver as promoções, tem que entrar na loja todo dia, eles não avisam por e-mail.
VAMOS AOS CUSTOS…
Ao fazer compras internacionais, é preciso ter em mente alguns detalhes.
Primeiro: além do valor do produto, você tem que acrescentar o frete. Sei que aqui no Brasil também tem, mas fora é um pouco mais caro, (às vezes não, por incrível que pareça). Além do frete, tem o possível acréscimo dos impostos e taxas de importação. Vou falar um pouco de cada depois.
Ao comprar no cartão de crédito, lembre-se que você compra em dólares, mas paga em reais, porém o valor do dólar não é o do dia da compra, mas do dia da fatura do seu cartão. Na verdade é o valor do dia em que a fatura foi impressa, então na próxima fatura eles fazem o ajuste para a cotação do dia de vencimento, para mais ou menos.
Normalmente, as comprar internacionais demoram um pouco para chegar. Muitas vezes o problema não é dos correios, mas sim devido a demora na Receita Federal. Porque?? Toda mercadoria importada deve passar pela receita, daí algumas são liberadas e outras retidas. Então, corremos o risco de ter a mercadoria retida pela Receita Federal. Mas esta retenção é apenas para analisar seu conteúdo e tributar os produtos e é por isto que ocorre o atraso na entrega. E nesse caso, teremos que pagar imposto de importação.
Vou tentar falar um pouco mais sobre o que li por aí com relação a taxas e/ou impostos:
Segundo o que tenho lido, o Imposto de Importação é de 60%, mais 18%  do ICMS (dependendo do estado). Porém, quando paguei taxas foram “somente” os 60%, não sei porque. Além destes, tem também o IOF – imposto sobre operações financeiras – debitado no cartão. Não sei exatamente o valor exato, algo em torno de 2,5%, ou seja, em uma compra de US$ 100, você pagará mais US$ 2,50, o que apesar de ser um valor baixo, quando somado ao resto, acaba aumentando o custo final do produto.
Preciso ressaltar: os impostos são calculados sobre o valor do produto SOMADO ao valor do frete e também o seguro, caso você contrate algum (eu nunca escolho com a opção de seguro… seria ótimo…mas …).
Observação: na Preserved Memories, da Sandra, apesar de pagar com cartão, ela possui um sistema diferente, que não sei explicar, onde a conta é paga via Pay Pall. Neste caso, o custo é calculado sobre o valor do dólar do dia da compra e na fatura do cartão o valor aparece em reais, e neste caso não há incidência de IOF na fatura.

ATUALIZAÇÃO MARÇO 2011: No final de março 2011 o Governo Federal anunciou um aumento do IOF – Imposto sobre Operações Financeiras, para compras com cartão de crédito no exterior, de 2,38% para 6,38%.
Quando não pago imposto??
Há muita discussão sobre isto. Mas o certo é que você só é isento, quando sua mercadoria, é enviada por correio, DE PESSOA FÍSICA PARA PESSOA FÍSICA, no valor de até USD 50,00. Veja o que diz o site dos correios:
“A importação via Correios é o serviço que lhe permite comprar produtos em qualquer parte do mundo por meio da Internet, de catálogos ou outro meio qualquer e ter este produto entregue em suas mãos pelos Correios. A operação é muito simples. Quando sua remessa postal chega ao Brasil, ela é entregue a Alfândega brasileira (Secretaria da Receita Federal), que fará a liberação alfandegária (vistoria e aplicação ou isenção do Imposto de Importação). As encomendas isentas de Imposto de Importação são imediatamente entregues pelos Correios. Para remessas tributadas, e entregue um Aviso de Chegada ao destinatário, solicitando sua presença a uma de nossas agências, para pagamento do imposto e retirada da sua encomenda. Remessas postais de até US$ 500,00 (quinhentos dólares americanos) têm seu Imposto de Importação pago nas próprias agências dos Correios.
IMPOSTOS:
As remessas postais internacionais podem se beneficiar do Regime de Tributação Simplificada (Portaria nº 156 de 24/06/99 - Ministério da Fazenda) que estabelece as seguintes regras:
REGRA GERAL: Bens com valor até US$ 3.000,00 (três mil dólares americanos) pagam imposto de importação de 60% sobre o valor aduaneiro da mercadoria, comprovado por documentação fiscal emitida no país de procedência. O valor aduaneiro sobre o qual incidirá o imposto será a soma do valor dos bens integrantes da remessa postal, acrescida do custo de transporte (tarifa postal), bem como do seguro relativo a esse transporte (seguro postal, se houver).
EXCEÇÕES:
  • Bens com valor aduaneiro até US$ 50,00 (cinqüenta dólares americanos), cujo remetente e o destinatário são pessoas físicas, estão isentos de imposto de importação, quando distribuídos pelos Correios.
  • Livros, jornais, periódicos e o papel utilizado para sua impressão estão isentos de impostos, conforme previsto no artigo 150, inciso VI, alínea "d" da Constituição Federal / 1988.”
Muitas pessoas dizem que compras abaixo de 50 dólares são isentas, mas como vimos acima, não é verdade se for enviada por pessoa jurídica, como o Two Peas, por exemplo. Entretanto, é recomendado por muitos que suas compras sejam feitas abaixo deste valor, para aumentar a chance de não ser taxado. Não existe um critério da receita de qual encomenda será analisada. Todos atribuem a sorte mesmo. Até acredito que eles não se preocupam tanto com crafts (kkkkk), pois tem que se preocupar com equipamentos, produtos de saúde, etc. Brincadeira!! Segundo li, as análises são feitas por amostragem, de forma aleatória. Há várias discussões por aí, com sugestões como; compre valores baixos, declare como presente, compre no final do ano porque os fiscais estão com muito trabalho, etc. Mas eu não acredito em nada disso. Minha experiência?? Eu nunca consegui comprar menos de 50 dólares (porque sempre tem o frete) e eu quero comprar um monte de coisas para compensar. Então, vou testando, jogando produtos no carrinho e tirando, sempre analisando o frete (vou mostrar um exemplo depois). Quando estou satisfeita, faço a conta de quanto pagarei de imposto e pronto. Se compensar eu fecho a conta!!! Acho que é este o segredo, acrescentar todos os custos e se valer a pena, compre. Depois, caso não seja taxado, comemore, compensou ainda mais. Faça as contas, neste exemplo: Cricut 230 dólares + frete 90 dólares = 320 dólares + 60% = 512 dólares x valor do dólar.
No meu caso, das compras internacionais que fiz, fui taxada em 2, cujas valores eram mais altos (uma delas a da Cricut) e o peso também alto, além é claro de ter equipamento eletrônico na embalagem. Mesmo assim, já vi sortudas dizendo que não foram taxadas com a Cricut. Minha opinião sincera: acho que não adianta comprar pouca coisa, pois o valor do frete pode ser mais caro que o do próprio produto, então eu prefiro comprar vários itens de uma vez. Veja este exemplo: eu pretendia comprar um bloco de papéis no valor de 6 dólares, mas o frete ficou em 10. Assim, vou acrescentando produtos e vendo o que fica bom para mim.
exemplo scrapbykitTem um outro detalhe que gostaria de contar. Na minha compra da Cricut ocorreu o seguinte:
Eu comprei também a Your Story, que e ela vieram em caixas separadas, com notas idem. Daí a receita federal cismou que a YS era uma "máquina super poderosa" e avaliou em 90 dólares, pois a OMC colocou 20 dólares, que era o valor da promoção, mais ou menos. Então eles podem e fazem isto sim, porque acham que a loja de lá declarou valor mais baixo para burlar a receita (apesar de não ter sido este o meu caso).
Bom, mas o que podemos fazer:  A receita pode avaliar o seu bem com um valor mais alto? Sim, foi o que fizeram comigo. Mas até então eu não sabia que podia discordar desta avaliação. Quando a mercadoria chega no correio, eles nos enviam um formulário para que possamos buscá-la, que é da própria receita, com o valor dos impostos (60%) e que devemos pagar em cash, lá no correio. Feito isto mercadoria liberada. Só que depois que cheguei do correio, vi que neste formulário há um espaço para que eu possa discordar, bastando apresentar um comprovante do valor real do produto. Tarde demais. Isto tem q ueser feito antes de pagar. Mas agora aprendi, não errarei da próxima. Olha só esta questão do site dos correios:
“O regime de Tributação Simplificado é claro: Bens até US$ 50,00 enviados via correios de pessoa física para pessoa física não pagam imposto de importação. No entanto, você não pode se esquecer de comprovar o valor do bem enviado, por meio da Nota Fiscal de compra. Se você não comprová-lo, a Receita Federal irá arbitrar o valor, ou seja, colocar o valor que ela julga ser o correto. Se esse valor for superior a US$ 50,00, você terá que pagar a importação.
Se, no entanto, você tiver comprovado o valor e mesmo assim, estiverem lhe cobrando o imposto, você, antes de retirar sua mercadoria, deve entrar com uma Revisão Tributária junto à Receita Federal, na qual deve explicar sua situação, citar o número da lei e anexar a Nota Fiscal de compra da mercadoria.
Se você tiver que pagar imposto, receberá uma notificação em sua casa com o valor a pagar e o local de retirada da encomenda (normalmente Correios). Se não tiver imposto a pagar, receberá a encomenda em casa entregue pelos Correios!!!”
Para saber mais sobre a cobrança de imposto:
Sei que o post ficou enorme, mas ainda não terminou. Então, decidi dividir e deixar o assunto frete para depois.
E não se esqueçam do sorteio. Vou colocar a lista das participantes no link.
Até mais.
Flávia

19 comentários:

Rosana Garcia Hess disse...

Excelentes dicas...obrigada
kisses
Rosana

Ondina disse...

Flávia, ainda nem li o texto todo.. vim aqui rapidinho mesmo só pra dizer que amo textos assim, vou cuidar do baby e volto já pra ler com calma, papel e caneta.
Bjs

Ondina disse...

Voltei Flávia.
Gostei demais do post, principalmente porque vc como sempre, reuniu as principais informações de maneira clara. Realmente lá fora os preços, as variedades e até as estruturas dos site são melhores, mas confesso que morro de medo de compras internacionais pela questão da tributação. Mas, é como vc falou, as vezes compensa mesmo, vejo sites americanos com blocos de papeis por 10 dolares e aqui eles cobram 120,00 reais... Isso eu acho um absurdo!!!
Querida, mais uma vez obrigada pelas dicas e finalmente saiu um post novo no meu bloguito rsss.
Bjs

Isabella Costallat disse...

Boa tarde Flávia e boa tarde meninas!
Adorei as dicas!
Além de fazer scrap, também trabalho com importação.
Tudo o que você escreveu é exatamente isso!
Pra aumentar as chances de não ser taxada pela Receita Federal, o melhor é comprar até no máximo valores de R$49,99 e pesos de no máximo 5kg.
Bjos,

Lembrancinhas personalizadas da Joelma disse...

Suas dicas foram excelentes.
Já adquiri uma maquina digital do sky box,entregaram muito rápido e foi excelente,mas no final me decepcionei,pois com as taxas,ficou no mesmo valordo Brasil

LucianaW disse...

Amiga que super post...é isso aí...temos que pesquisar muito...e tentar ver a melhor forma.
Valeu a dica!
Bjs e boa viagem!

Carolinne Kratz M. Rosa disse...

Oi Flávia, então, meu pai que vai pra la, vou pedir pra ele dar uma olhada nessas lojas sim, quem sabe ele consiga achar coisas bem interessantes la. E obrigada por me ajudar a tentar encontrar lojas de scrap por la, se precisar de alguma coisa pode me falar que eu tento ajuda-la também. E continua com as dicas e com o blog que com certeza ele ta ajudando bastante gente, uma delas sou EU! =)

=* e boa semana.

Rosana Garcia Hess disse...

Flávia...obrigada pela dica...nao tinha pensado mesmo em encadernadora nacional....please...se achar me conta...ok?
obrigada tbem pela dica dos Los...
vou dar uma olhadinha...
kisses
Rosana

Ondina disse...

Oiê Flávia,
Obrigadinha pela visita e pensando no qe vc falou, realmente é a prática que aperfeiçoa, né. Tbem tenho poucas páginas, acho que nem 20 (que vergonha!!!)Mas estou decidida a mudar isso e gostei demais da idéia de nos cobrarmos.. Assim uma incentiva a outra, né. Ah e depois me passa seu endereço, um daqueles bloquinhos lá é seu, viu. Bjs!

PENTE MÁGICO disse...

PARABÉNS PELO BLOG
Flávia, estou mto interessada em aprender a fazer scrap e mal consigo dormir, pois tenho passado algumas madrugas na internet e estou cada vez mais encantada... Adorei seu blog! mto interessante, organizado, bem escrito e funcional, suas dicas são claras e preciosas, acredito que não só pra mim que sou iniciante, mas para as demais profissionais... Gostaria de participar do Sorteio e claro, assim como todas GANHAR !!!!! Aguardo ansiosa pelo resultado. Mto obrigada pelas dicas!!! beijocas Dri (saiu como o blog do Salão infantil do meu marido, pois ainda estou "fazendo/aprendendo"o blog rsrsrs

Andrea Russo, Mãe, Jornalista e Apreciadora das Coisas Boas da Vida! disse...

Flávia.
Obrigada pelas dicas. Mas qto tempo, mais ou menos, leva para vc receber a mercadoria? Fiz a minha segunda compra em sites internacionais e esta segunda (comprei com a Sandra) já faz 2 meses e nada de receber. É demorado assim mesmo? Comprei uma ferramenta de arredondar canto e um furador.. existe alguma restrição para este tipo de material? Li alguma coisa sobre ferramentas no site dos correios. Será que procuro minha mercadoria na receita? Não comprei no sistema de rastrear.. por isso o correio não localiza.
Alguma sugestão?
Andrea

Arte Sana Sonia disse...

Flavia: posso te dizer que de tudos os textos que eu ja vi relacionados este seu e o melhor com honores!.
Muito obrigada e seguire as valiosas dicas.
Bjs
Sonia
http://artesanadesonia.blogspot.com/

Sueli disse...

Olá Flávia, td bem?
Adorei suas dicas. Sempre tive vontade de fazer compras internacionais e após esses esclarecimentos fiz 2 compras. Quando receber, falo quanto tempo demorou.
No site da A Cherry on Top eles sugeriram a entrega via myus.com, que ficaria mais barato, etc.
Entrei nesse site e achei interssante. Vc faz um pagto q pode ser anual, e recebe um endereço nos USA. Recebe suas mercadorias lá e eles encaminham para cá muito mais rápido. Havendo assim a possibilidade de comprar na Joann onde só entregam lá.
Vc conhece?

Bjs

Sueli

Scrapbykit disse...

Sueli,
Tentei entrar em contato via blog, e-mail, etc, mas não consegui. Não sei se está acompanhando as atualizações, mas gostaria muito que me escrevesse no e-mail scrapbykit@uol.com.br
Adoraria trocar uma ideia com vc sobre este serviço.
Obrigada
Flávia

Amanda B Ansaldo disse...

Flávia, amei sua explicação! Faço compras de roupas p minha filha em lojas americanas pela internet e as vezes quando indicava p alguem nunca conseguia explicar direito essa parte mais burocratica, então tomei a liberdade de colocar seu texto lá no meu blog, mas não se preocupe que coloquei seu crédito e o link aqui do seu blog, tá? Se quiser dar uma olhada, está no http://reformanoape.blogspot.com/2011/09/como-fazer-compras-internacionais-pela.html
E essa possibilidade que a Sueli escreveu aqui em cima de usar o myus.com , vc ja usou? Da certo mesmo?
obrigada por essas infos tão bacanas!
bjo
Amanda

Unknown disse...

Agora a Maricota fotografias também vende produtos de scrapbook.

*Furadores, tesoura, crop-a-dile com preços bem abaixo do mercado

Confira!!!

É por tempo limitado.
www.maricotafotografias.com.br/blog
contato@maricotafotograifas.com.br

Eliane Pinto disse...

Oi, tudo bem?
Tudo muito bom! Pretendo fazer alguma compra. Quando tiver resultado mando noticias.
abraço

Eliane Pinto

Liz - Como as Cerejas da Minha Janela... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ranny disse...

Muito obrigada por todas as dicas, parece que a Oh My Crafts fechou e deixou muita gente sem o dinheiro que pagou né?Tentei entrar desesperadamente ness elink que vc deixou para conhecer, mas acabei me deparando com varias reclamações de perdas =/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...